domingo, 12 de novembro de 2017

32% DOS CANDIDATOS DO ENEM 2017
FALTARAM NO SEGUNDO DIA DE PROVA 
SEGUNDO O INEP


 RÁDIO WRC ECLÉTICA           RÁDIO WRC CLÁSSICA    RADIO WRC GOSPEL

Logotipo ENEM
(Img WEB)
Candidatos fizeram neste domingo provas de matemática e ciências da natureza. Segundo o instituto responsável pela aplicação do exame, 853 candidatos acabaram eliminados.





Por Fernanda Calgaro, G1, Brasília

segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 teve abstenção de 32%, segundo dados divulgados neste domingo (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Segundo o Inep, órgão responsável pela aplicação das provas, dos 6.731.344 inscritos, 2.156.449 se ausentaram no segundo dia. Os dados são preliminares, e poderão sofrer alterações após checagem do instituto.

O índice de abstenções nesse segundo dia de provas ficou um pouco acima da média dos últimos anos. De acordo com o Inep, entre 2009 e 2016, a média de abstenções foi de 29,8%.

GABARITO EXTRAOFICIAL E RESOLUÇÃO COMENTADA

Pela primeira vez, o exame foi aplicado em dois finais de semana. Neste domingo, segundo dia de provas, os candidatos responderam às perguntas de matemática e ciências da natureza.

No domingo passado (5), foram aplicadas as provas de linguagens e ciências humanas, além da redação, que teve como tema os desafios da educação de surdos no Brasil.

Segundo balanço final do Inep, o primeiro dia teve 29,8% de abstenção. Dos 6.731.344 inscritos, 2.006.825 se ausentaram no domingo passado, percentual que ficou dentro da média histórica.

O gabarito oficial do Enem 2017 será divulgado pelo Inep até 16 de novembro. O Boletim de Desempenho será divulgado em 19 de janeiro para os participantes regulares.

"A média histórica é em torno de 30%. O número que foi divulgado no primeiro dia, na revisão, chegamos a 29,8% e historicamente o primeiro dia tem menos abstenção que o segundo dia. Então, [a taxa de abstenção] repete um comportamento mais ou menos padrão de anos anteriores", explicou o ministro da Educação, Mendonça Filho, após a realização das provas.

Durante a entrevista coletiva, o ministro afirmou que a aplicação em dois domingos se mostrou "viável" e é um dos principais legados para o Enem.

"Foi uma aplicação que posso caracterizar como sucesso absoluto, total, do ponto de vista de segurança, [...] tivemos pouquíssimas ocorrências que puderam apresentar alguma necessidade de intervenção", disse o ministro.
Enem 2017  veja histórias do segundo dia de provas
 Candidatos eliminados


De acordo com o Inep, no total, 853 candidatos acabaram eliminados do Enem 2017, sendo 842 por descumprimento de regras do edital, nove por detector de metal e dois que se recusaram a coletar dados biométricos.


No primeiro dia, foram 273 desclassificados. Os demais 580 foram eliminados no segundo dia.

O custo do Enem 2107 por pessoa deve ficar em R$ 87,84, segundo previsão inicial do Inep. O valor é mais barato do que a edição de 2016, que foi de R$ 90,64 por candidato.

De acordo com o Inep, o valor ficou mais baixo apesar da adoção de diversos recursos para melhorar a segurança da prova e melhorias, como a aplicação em dois dias, a personalização da prova (com o nome de cada candidato) e o uso de detector de ponto eletrônico.

Entre os motivos apontados para a redução do valor estão a mudança para um novo contrato para a aplicação da prova, sem o reajuste contratual previsto no anterior, que gerou economia de R$ 16 milhões.




Reaplicação da prova




Nos locais de prova em que houve algum problema, como falta de energia, o exame será reaplicado nos dias 12 e 13 de dezembro.


No primeiro domingo do exame, em dia 5 de novembro, 3.581 não puderam fazer a prova, sendo 767 candidatos em Teresina (PI), 400 em Olinda (PE) e 2.403 em Uruaçu (GO) por falta de energia e outros 11 casos individuais, como o de um estudante que machucou a mão.

O Inep ainda irá fechar um balanço das ocorrências no segundo domingo. Os que não tiverem conseguido fazer o segundo dia de provas farão prova no dia 13 de dezembro.




Encceja




Durante a entrevista coletiva, o ministro da Educação anunciou que os candidatos que obtiverem pontuação mínima no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para residentes no Brasil (Encceja), a ser realizado no próximo dia 19, terão isenção da taxa de participação no Enem 2018.


"Tomamos a decisão de que para o Enem 2018 garantiremos a gratuidade para todos os que fizerem o Encceja e tiverem a pontuação mínima, que será aplicado no próximo dia 19", afirmou Mendonça Filho.






Enem - Inep - Ministério da Educação
 Fonte: Portal G1



RÁDIOS WRC TOCANDO PARA VOCÊ


OUÇA AS RADIOS WRC WEB

A programação mais eclética do rádio

RÁDIOS WRC

 

TOCANDO O QUE VOCÊ QUER OUVIR


 RÁDIO WRC ECLÉTICA  RÁDIO WRC CLÁSSICA

radiowrcgospel.radio12345.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário